Bolero De Ravel

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Após a morte de seus pais, Adriano se retira para a solidão da casa vazia e sua irmã, Laura, volta para o lado do marido. Sozinho, Adriano revive cenas da infância e da juventude, mas quando Laura reaparece com a intenção de vender a propriedade, ele entra em pânico e recusa-se a sair. Com o ritmo intenso e crescente do Bolero de Ravel, o autor nos arrebata até a última linha.

"Ninguém mais se move alem do animal. Minha mãe, a meu lado, está branca de tanto gesso cobrindo-lhe o corpo. A Laura e seu namorado gritam desesperados debaixo de um comoro que o vento amontoa com rapidez. A cada salto dado pelo cachorro, ele cresce, infla e aumenta o peso, e seus dentes alcançam as nuvens. Então ele se volta para as crianças e as devora como se fossem gotas do mar. E pula novamente, arrancando pedaços de nuvens, que ele engole, faminto. Seu pelo esta sujo, escuro como as nuvens que ele ja engoliu. Suas unhas imensas alcançam o Sol e o despedaçam. Então sumimos numa noite sem fim. Apenas a escuridão existe. Apenas a escuridão. Apenas."