Como Nas Manhãs De Sol

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Durante o conturbado período da ditadura militar, dois adolescentes, amigos de escola, incorporam as contradições que marcaram os anos de chumbo: de um lado, a direita, tida como reacionária, de outro, a esquerda, que se autoproclamava progressista. Nesse embate, quase sempre maniqueísta, um deles se entregará à luta armada, da qual não sairá ileso emocional e socialmente, o outro, vindo da classe trabalhadora, almejará uma posição na elite abastada paulistana, à qual o primeiro pertence.

Como nas manhãs de sol revisita a ditadura militar brasileira na sua fase recrudescente, quando o governo dos generais acabou por estimular diversas formas de resistência, das mais brandas às mais violentas, produzindo intolerâncias e destruindo relações.

Já adultos, com os sonhos da juventude frustrados, os dois amigos identificarão no país as mesmas velhas mazelas, sentirão que a energia da contenda resultou nefasta e inútil, como se o país caminhasse em círculos, como se o teimoso renascer da esperança sempre se frustrasse na escuridão da noite.