Experiência Estética E Formação: Articulação A Partir Da Hans-georg Gadamer

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

No contexto da crise paradigmática, em que não somente a ideia de verdade mas também os ideais educacionais entram em crise, a própria razão, concebida no racionalismo clássico como autossuficiente, é convidada a colocar-se na escuta do outro, situação em que a experiência estética, antes relegada a segundo plano, emerge como possibilidade de escuta. Em um mundo contemporâneo marcado por inúmeros desafios, dentre eles o desafio da diversidade, da instrumentalização do mundo da vida pela racionalidade técnico-instrumental, é acertado abordar a relação entre experiência estética e for- mação, devido ao fato de a experiência estética constituir-se em um momento significativo ao processo de formação pelo qual aprendemos. A tese defendida é a de que a articulação entre estética e formação, a partir de Gadamer, constitui-se em uma alternativa plausível aos desafios do empobrecimento da experiência em meio à ruptura da metafísica, na medida em que, compreendendo a experiência estética como ontológica, confere atualidade à Bildung.