Memórias De Um Paulistano

Memórias De Um Paulistano

Sinopse

Memórias de um paulistano relata acontecimentos da minha infância e adolescência que ficaram na lembrança. As histórias contadas aconteceram desde o começo da década de 1950 até meados dos anos 1960, época em que vivi nos bairros Lapa e Piqueri e estudei nas escolas públicas da região. As mudanças sofridas nesse período foram monumentais. A televisão, o telefone e o automóvel começaram realmente a ocupar o cotidiano. A região metropolitana de São Paulo passaria de pouco mais de dois milhões de habitantes para cerca de oito milhões. Vivíamos uma época bem diferente, com outros valores. Consumíamos menos e, talvez por isso mesmo, criávamos mais. Éramos espertos, ágeis, mas um pouco mais ingênuos. Conhecíamos nossos vizinhos e eles eram parte da nossa vida. Brincávamos com nossos amigos da rua e fazíamos boa parte dos nossos brinquedos.