Dançando Com O Urso

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Em uma empresa, a negociação não ocorre (ou pelo menos não deve ocorrer) apenas na hora que estoura uma greve, mas, sim, no dia a dia. A greve é um sintoma que aponta justamente a falência da relação do corpo diretivo da organização com os empregados e dessas negociações cotidianas.

Se esses diálogos não forem bem-conduzidos e costumeiros, o acúmulo de ressentimentos e frustrações irá estourar com força nos momentos de greve. Fazendo uma analogia, trata-se do mesmo princípio de se limpar a sujeira para baixo do tapete. Quando se tirar o tapete, a limpeza do chão irá exigir muito mais do que se aquela sujeira tivesse sido colocada no seu devido lugar na hora certa.

Gerenciar as relações da empresa com os empregados e os sindicatos não é tarefa fácil, mas pode ser crucial para a sobrevivência do negócio. Em época de crise, isso fica ainda mais evidente.

Em DANÇANDO COM O URSO – NEGOCIAÇÕES SINDICAIS, João Rached apresenta caminhos claros para facilitar esse processo.

Por meio de histórias reais acumuladas em anos de experiência, o autor coloca no papel sua atuação como interlocutor com grandes sindicatos brasileiros – como dos metalúrgicos e dos bancários –, trazendo exemplos práticos de situações delicadas que enfrentou: greves, piquetes e árduas negociações.