O Mel De Ocara

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Um texto bem humorado, muitas vezes irônico, divertido, perplexo, sério e dramático, que prende o leitor da primeira à última página, com histórias vividas e vivenciadas pelo autor em suas viagens literárias pelo Brasil.

Neste livro estão facetas desconhecidas de um Brasil que Loyola vem descobrindo e revelando aos seus leitores nos últimos anos. Paisagens diferentes, comidas diversas, uma forma de falar e se expressar própria de cada cidade, que mostra a vastidão do nosso país. No ano passado, o autor percorreu 46 cidades, falando para professores e estudantes. Em uma dessas viagens, ganhou o mel de Ocara e considera este o maior cachê que recebeu na vida pela história vivenciada naquela ocasião. O que mostra o rico campo da múltipla cultura brasileira, suas realidades e diferenças.

Nas crônicas, Loyola apresenta suas impressões sobre o que vê nas viagens, deliciando-se com as paisagens, as comidas e, essencialmente, com a relação humana que trava com todos que encontra em seu caminho. 'Nestas crônicas tento retratar, de maneira simples, as diferenças do nosso país, o linguajar, a maneira como a literatura e a formação de leitores são encaradas em cada cidade que visitei e, principalmente, procuro apresentar nas crônicas os cheiros e os sabores das comidas e bebidas de cada lugar', conta Loyola.

O mel de Ocara traz crônicas de uma nação e se desvenda o novo perfil dos escritores brasileiros: aqueles que colocam o pé na estrada para ajudar a formar leitores e mudar a cultura. É perceptível nos textos que, nessas ocasiões em que se encontra com seus leitores, o escritor não apenas transmite seu conhecimento às plateias como também delas se nutre, absorvendo sua riqueza e sabedoria.