Memórias De Um Sargento De Milícias

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Esta coleção traz grandes clássicos da literatura brasileira, adaptados em linguagem simples e adequada ao público infanto-juvenil. É uma excelente ferramenta escolar e até de preparação para concursos, como o vestibular. Traz ainda um suplemento pedagógico ao final de cada livro, que visa testar o entendimento do leitor sobre os textos.

A narrativa de Memórias de um sargento de milícias, de estilo jornalístico e direto, incorpora a linguagem das ruas, classes média e baixa, fugindo aos padrões românticos da época, onde os romances retratavam os ambientes aristocráticos. A experiência de ter tido uma infância pobre contribuiu para que Manuel Antônio de Almeida desenvolvesse a sua obra.

Escrito no período do romantismo, retrata a vida do Rio de Janeiro no início do século XIX e desenvolve pela primeira vez na literatura nacional a figura do malandro. Na história de Leonardo - que gosta muito mais de se divertir do que de trabalhar - o autor faz uma irresistível e bem-humorada crônica sobre o cotidiano das classes baixas do Rio de Janeiro na época de dom João VI.