Pretagonismos

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

"Pretagonismo" é um neologismo adotado por Rodrigo França e Jonathan Raymundo, organizadores desta obra, para descrever aquilo que foi negado às pessoas negras durante séculos: o domínio sobre suas próprias histórias. Pouco a pouco, porém, os mais de 100 milhões de negros e negras no Brasil têm sido capazes de se ver representados na cultura, na sociedade, nas artes, na política, enfim, em todos os espaços. Este livro reúne textos de 27 pessoas de diversas áreas, que têm escrito uma nova História, agora no papel de narradores, sujeitos, protagonistas.
Este livro reúne textos de 28 pessoas de diversas áreas, que têm escrito uma nova História, agora no papel de narradores, sujeitos, protagonistas: Adailton Moreira Costa, Andressa Cabral, Anielle Franco, Aza Njeri, Carla Akotirene, Deborah Medeiros, Diego Moraes, Doralyce, Eliana Alves Cruz, Elisa Lucinda, Érico Brás, Fábio Kabral, Filó Filho, Flávia Oliveira, Henrique Vieira, Jonathan Raymundo, Julio de Sá, Katiúscia Ribeiro, Leonardo Morjan Britto Peçanha, Marco Rocha, Mariana Ferreira, Pedro Carneiro, Rico Dalasam, Rodrigo França, Sabrina Fidalgo, Valéria Barcellos, William Reis, e ainda conta com a contribuição da ambientalista indígena Narubia Werreria.
A era do pretagonismo veio para ficar.