Astrologia E Baixo Astral: O Seu, O Meu, O Nosso Mal!

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

De repente, baixa aquela sensação indescritível de que o mundo todo pesa em suas costas. Tudo está errado e todas as portas parecem fechadas. A autoestima cai, a solidão parece ser um remédio, a vontade de chorar chega e, se fosse possível abrir um buraco e entrar dentro, com certeza você faria isso.E agora? Como conviver com essa infelicidade geral que vem de não se sabe onde, invade, domina e anula totalmente a sua vontade? Parece difícil, pois as emoções afloram e, nesse caso, fica difícil raciocinar e procurar saídas.Como se desencadeia esse processo? Basta um fora com uma amiga, uma briguinha com o namorado, uma discussão com o professor, uma bronca da mãe ou uma desavença com o irmão. Quando você menos espera, perdeu a vontade de tudo e o baixo astral assume o comando de sua vida.Identificou-se? Veja como a astrologia pode ajudar e entenda o nosso ALERTA: o termo “baixo astral” é usado, aqui, para definir a “depressão”, termo que pretendemos evitar pois, por si só, é prejudicial.