Lúcio Cardoso, Cornélio Penna E A Retórica Do Brasil Profundo

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Resultado da dissertação de mestrado apresentada ao programa de pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem (UFOP/ICHS), em 2015, o livro apresenta um percurso crítico e historiográfico pelos romances principais de Cornélio Penna e Lúcio Cardoso — A menina morta (1954) e Crônica da casa assassinada (1959) —, interpretando-os a partir de instrumental teórico diversificado, a passar pela crítica literária brasileira, pela teoria do romance latino-americano e pelos estudos em torno do gênero melodrama como produtor de uma dicção romanesca. O primeiro capítulo encerra alguns dos debates críticos e historiográficos do contexto de produção dos autores, ao passo que o segundo e o terceiro apresentam-se como leituras interpretativas dos romances em análise.