A Dimensão Política Da Práxis De Jesus No Evangelho De Lucas

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

A dimensão política da práxis de Jesus no Evangelho de Lucas parte do pressuposto de que o Evangelho de Lucas é a memória popular e histórica de comunidades na pessoa e no projeto de Jesus. Nesse sentido, reflete os conflitos que existiam tanto na época de Jesus como posteriormente na década de 80 d.C. em especial, os conflitos com o Templo de Jerusalém e com o Império Romano. O desejo e a prática que visaram a transformação da realidade é o que se menciona como práxis política de Jesus. Trata-se de uma práxis libertadora que se chocou diretamente com o Templo e o Império. Uma práxis que visou a libertação ideológica do Império Romano, que escravizava e oprimia o povo por meio de impostos, e a libertação da opressão gerada pela ideologia religiosa-política, que se justificava em nome de Deus. Diversas perícopes do Evangelho de Lucas são analisadas nesta perspectiva em nossa pesquisa. Por fim discorre-se sobre a práxis política de Jesus e suas nuanças na contemporaneidade, ou seja, as implicâncias da práxis política de Jesus para a práxis política da atualidade.
Palavras-chave: Jesus, Práxis, Política, Templo, Império Romano, Evangelho de Lucas.