Nunca É Tarde Para Ser Poeta

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Acompanhei de perto o surgimento do Lebrão Poeta. Homem de pouca cultura escolar, de origem rural, mas de muita experiência adquirida em suas andanças por este Brasil a fora. Para mim, foi muito surpreendente quando o vi cheio de ideias, inspirações das mais variadas, escrevendo e se desabando em risos com suas próprias ideias. Não sabia que ele tinha esse talento! Incentivei-o, então, a fazer uso de sua capacidade criativa. E novamente, para minha surpresa, ele começa a escrever coisas lindas sobre tudo e sobre todos. Escreve livremente, sem se preocupar com a regra que determina o mundo da poesia, pois esta ele não domina. Mas tem o domínio sim, de suas ideias e as dispõe com coerência e coesão, demonstrando, não obstante a sua pouca cultura escolar, um grande conhecimento de vocábulos que não são usados no dia a dia de um camponês. Lançando mão deste conhecimento outrora escondido, produz textos espetaculares! Escreve com a intenção de homenagear, de alegrar, de encantar o leitor. Fala do seu encanto pela poesia, o desejo de uma vida simples e digna no campo, ressalta a beleza da natureza, a saudade da Terra Natal, deixa claro que a saudade de casa quando viaja é a razão que o leva a escrever poesia e almeja que seu trabalho venha ser reconhecido. Escreve também poemas românticos nos quais revela o amor pela esposa, não poupa inspirações para homenagear seus pais e ainda escreve sobre sua fé, seus filhos, seus antepassados, dentre tantos outros assuntos.