Vontade Divina E Escolha Humana: Liberdade, Contingência E Necessidade No Pensamento Reformado Do Início Da Idade Moderna

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Este recente estudo do respeitado professor Richard Muller lança nova luz sobre a discussão acerca de como os reformadores e seus sucessores analisaram e conciliaram os conceitos da soberania divina e da liberdade humana. Muller — um dos maiores especialistas na teologia desenvolvida nos períodos da Reforma e pós-Reforma — argumenta que a ortodoxia reformada tradicional (a qual, segundo o autor, foi influenciada pela filosofia e teologia ocidental) defendeu uma teoria robusta que levava em conta uma vontade divina onipotente, bem como a livre escolha humana.
Vontade divina e escolha humana fornece uma perspectiva histórica e sistematizada sobre um dos tópicos mais intricados da teologia protestante e certamente enriquecerá o debate a esse respeito.