Perversão: A Forma Erótica Do Ódio

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

"Perversão: a forma erótica do ódio", do psiquiatra norte-americano Robert Stoller, é um clássico contemporâneo, que permitiu uma volta à razão na discussão sobre as diferenças sexuais. Stoller apresenta, em linguagem clara, o mais completo e revolucionário modelo descritivo para compreender as variações da sexualidade humana e as chamadas perversões homossexualidade, sadismo, masoquismo, travestismo, fetichismo, promiscuidade, não apenas em sua origem, mas também em suas funcionalidades. A lista dos capítulos é esclarecedora: "O impacto dos novos avanços da pesquisa sexual", "Pornografia e perversão", "Hostilidade e mistério na perversão", "Um delito assume a forma de um ato sexual", "A homossexualidade é um diagnóstico?", "Sexo e pecado" e, por fim, "A necessidade da perversão". Para Stoller, a perversão é, em certas circunstâncias psicofamiliares, uma necessidade. E nesta formulação radical que vai à raiz da questão, deixando de lado as opiniões ideologizadas, reside a enorme importância deste livro, tanto para a teoria psicanalítica quanto, principalmente, para o debate político e cultural.