Michel Temer E O Fascismo Comum

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Michel Temer e o fascismo comum, completa a trilogia em que o autor e psicanalista de Tales Ab'Sáber descreve os possíveis processos psíquicos que deram sustentação aos três últimos presidentes, Lula, Dilma e Temer, compondo assim uma análise da política brasileira sob um ponto de vista inovador.Nas palavras do autor "Temer faz parte da estirpe dos homens medíocres do poder brasileiros. Nada nele é especial, fascinante ou criativo. Nada nele nunca surpreende, brilha ou dá esperança. Seu mundo é o dos gabinetes e dos acordos de bastidores. Não há nada a sonhar e nada a esperar a seu respeito. Seu universo de corpo e espírito, se podemos falar assim a seu respeito, é o mundo da infraestrutura da política, onde as decisões indizíveis são tomadas e os acordos das facções da política são feitos, entre os interesses que podem e os que não podem vir à luz do dia. Ainda, neste mundo são as mais tradicionais oligarquias políticas brasileiras, tradicionalmente fisiológicas, patrimonialistas e antissociais, meio modernizadas, que ele representa, e das quais se tornou um líder. Um líder vazio."Ainda segundo Tales Ab'Sáber, a cultura política da violência, definida como "fascismo comum", abriu as portas para o golpe que desmonta as conquistas sociais dia após dia.