Triste Fim De Policarpo Quaresma (coleção Biblioteca Luso-brasileira)

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Triste fim de Policarpo Quaresma é um romance que foi publicado originalmente em folhetim, no Jornal do Commercio do Rio de Janeiro em 1911. Editado em livro em 1915 pelo próprio autor, tornou-se uma das obras mais reconhecidas do pré-modernismo brasileiro.
Policarpo é um ufanista que desperta curiosidade e escárnio em virtude de sua exaltação utópica das qualidades nacionais. O auge de seu patriotismo se dá quando ele redige um ofício em tupi-guarani no departamento público em que trabalha, o que o leva ao hospício, onde permanece durante seis meses.
As aventuras quixotescas de Policarpo, entretanto, continuam após sua saída da casa de saúde e o levam a confrontar-se com a dura realidade.
Ao mesmo tempo em que evidencia o sonho de uma pátria melhor e mais justa, Triste fim de Policarpo Quaresma compõe uma sátira ácida sobre um Brasil marcado pelo oficialismo e pelo desmando dos poderosos.