Frankenstein: O Prometeu Moderno

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Mary Shelley (1797-1851) nasceu em Londres. Filha do filósofo William Godwin e da escritora Mary Wollstonecraft, e casada com o poeta Percy Bysshe Shelley, ela sempre esteve ligada à literatura. Sua indiscutível obra-prima é Frankenstein (1818), escrita a partir de uma brincadeira proposta por Lorde Byron. O subtítulo do romance, O Prometeu Moderno, torna clara a ligação com a mitologia grega, mas é evidente que Frankenstein é um romance que olha para a frente, tanto quanto para o passado. Na obra, o cientista e filósofo suíço Frankenstein é inspirado pela filosofia ocultista a criar uma figura de aspecto humano, infundindo-lhe vida. A partir dai, desenvolve-se a trama que agarra o leitor até o final.
Frankenstein é um romance que aborda preocupações de um ponto da história no qual os desdobramentos só podiam ser imaginados. Mas permanece, sob todos os aspectos, uma parte inevitável da cultura que examina e prevê, e por essas razões precisa continuar sendo lido e reavaliado. Uma prosa fluida, imagística grotesca e imaginação surreal assegurarão que continue sendo desfrutado pelos seus leitores. Frankenstein, o Prometeu Moderno faz parte da famosa coletânea: 1001 livros para ler antes de morrer.