Intervencionismo: Caminho para Servidão e Barbárie

Intervencionismo: Caminho para Servidão e Barbárie

Sinopse

O presente ensaio foi originalmente publicado como prefácio do livro “Caos Planejado” de Ludwig von Mises, tendo como objetivo apresentar sob a perspectiva da Escola Austríaca um problema inerente ao intervencionismo estatal vigente tanto ao comunismo soviético quanto ao nacional-socialismo. Fundamentado principalmente nas teorias de Ludwig von Mises e de Hans-Hermann Hoppe, a análise de Bruno Garschagen ressalta a forma e os motivos pelos quais as políticas intervencionistas dos governos da União Soviética e da Alemanha Nazista conduziram tais sociedades para a barbárie ao violarem sistematicamente os direitos de propriedade e provocarem uma elevada taxa de preferência temporal, impedindo com suas políticas econômicas a moderação dessa preferência (que não era orientada fortemente para o presente nem para o futuro), que tornaria possível o processo civilizacional.

Quem ouviu esse, ouviu também:


Capítulos

  • Introdução
    Duração: 08min
  • I - Preferência Temporal
    Duração: 04min
  • II - A Legitimidade da Violação do Direito de Propriedade
    Duração: 09min
  • III - Formas e Institucionalização da Violação do Direito de Propriedade
    Duração: 03min
  • IV - Os Casos da União Soviética e da Alemanha Nazista
    Duração: 08min
  • Conclusão
    Duração: 02min